Qual é o volume ideal para seu rosto? Muito, médio ou pouco? Rosto round face, contorno facial bem definido ou pequenos volumes?

É muito difícil definir qual é o padrão de beleza ideal. Encontramos rostos verdadeiramente lindos em todas as raças, todas as idades e às vezes, pessoas com traços não considerados bonitos no conjunto acabam ficando bonitas. Sem falar, claro, nos acessórios, maquiagem e truques que embelezam as mulheres.

Um dos padrões considerado belo através de toda história é o da rainha Nefertiti, cujo nome significa “A mais Bela Chegou”. Ela tinha um rosto com contornos marcantes devido ao queixo proeminente, ângulo da mandíbula saliente e as maçãs do rosto cheias e bem evidentes. Era o modelo máximo de beleza, admirado pelos egípcios. Mas não se esqueça que isso foi a cerca de 1300 anos antes de Cristo.

Seu busto mais famoso retrata a rainha com cerca de 20 anos de idade.

E, de fato, o rosto jovem tem o formato de um triângulo com a uma ponta para baixo. Com o envelhecimento, esse triângulo se perde dando lugar a um rosto maior, formato mais arredondado, com a parte inferior aumentada. O aumento do volume de todas as estruturas, inclusive os ossos e a  derme dá aquela imagem de “pele sobrando”, “bulldog”, que todos odeiam!

O tratamento clássico para essa “sobra” é o lifting facial que remove o excesso de pele e subcutâneo afinando novamente a parte inferior do rosto.

Um melhor procedimento dermatológico alternativo à cirurgia é a harmonização facial feita com a injeção de ácido hialurônico e a reposição de volumes perdidos. Aumentando o volume das bochechas que perderam a gordura de Bichat, do ângulo da mandíbula e às vezes do queixo, consegue-se “esticar a pele” e dar um contorno mais homogêneo, com menos queda de tecidos. 

Mas é muito importante salientar que aumentar o volume da face em excesso ou em locais errados não é uma boa opção.

Como dissemos, a  face aumenta naturalmente quando envelhecemos.

O aspecto “round face” ou “fofão” causado por preenchimento em excesso, tem sido apontado por muitos dermatologistas como uma solução duvidosa e passível de críticas. Em geral está relacionada à injeção de mais de 10 seringas na face.

A injeção de grandes volumes no rosto teve um primeiro momento há vários anos pelos cirurgiões plásticos quando foi denominada Bioplastia. Eram injetados 15 – 20 ml de um produto chamado Artecol. Uns anos depois a técnica foi abandonada porque as complicações tardias não deixavam dúvidas de que não valia a pena. 

Quando a pele é esticada por certo período, não volta mais ao normal.  Como na gravidez, no caso dos alargadores de orelha, de lábios, como o Cacique Raoni. Os preenchedores duram de 6 meses a 1 ano. Tempo suficiente para causar problemas no caso de excessos.. 

Na dermatologia, tivemos uma tendência para injetar mais e mais preenchedor e atualmente vários profissionais questionam essa postura. Parecido com o que aconteceu com as próteses mamárias, bumbum etc. Que também foram abandonadas não só pelo grande número de complicações, mas, principalmente, pelo gosto duvidoso.

São vários os exemplos de excessos encontrados na internet, entre artistas e possivelmente no seu convívio social. Aumento exagerado de lábios e bochechas eram os mais frequentes. Atualmente o queixo e mandíbula também.

Mas fique tranquila! Essa onda já está passando.

Por outro lado, está claro para a grande maioria dos profissionais que a injeção de pouco volume (1 ou 2 ml) é insuficiente. Só está indicada na correção de detalhes como pequenos sulcos ou algumas rugas finas.

Na hora de decidir qual região da face você deve preencher e que volume usar, vale o bom senso do profissional e da cliente. Se você é muito nova, provavelmente não precisa de grandes volumes de preenchedor. Se você tem mais idade e rosto já está meio gordinho, muito volume pode piorar a situação.

Em resumo, o preenchimento é uma ótima alternativa para um contorno facial bonito. Um rosto mais harmônico, mais jovem e aumenta a autoestima. Mas sem excesso.

Hoje em dia o produto mais utilizado para o preenchimento facial é o ácido hialurônico, um gel biológico e absorvível. Ou seja, de efeito reversível. Com esse produto é possível melhorar o contorno da mandíbula, repor o volume perdido das maçãs do rosto (top model look), afinar o nariz e corrigir o queixo. É possível ainda modelar os lábios, reduzir olheiras e rugas.

Outra dica importante é não fazer tudo em uma única vez. Aumente os lábios e corrija o nariz, por exemplo, e outro dia preencha outra área. 

Lembre-se que os preenchedores desaparecem depois de 1 ano. Mas depois de uns 6 meses, parte do produto já foi absorvido. Se você injetou pouco volume é possível corrigir mas retirar só o tempo consegue. Existem algumas drogas que podem ajudar absorver mais rápido mas não é o ideal.

Saiba mais sobre esse e outros assuntos relacionados com beleza em nosso site.